Importância das exportações de pedras preciosas para a economia.

21 janeiro 2022

A Transport Serviços Internacionais Ltda foi fundada em 1982 por uma diretoria que já acumulava 10 anos de experiência na área de despacho aduaneiro em Belo Horizonte. Com o objetivo de prestar serviços na intermediação de transportes internacionais e assessoria nos assuntos relacionados ao comércio exterior, a TRANSPORT consolidou sua posição no mercado pela qualidade em seu atendimento. Como uma empresa bem conceituada, atuante e de padrão elevado no mercado de Minas Gerais, a TRANSPORT se destaca por sua administração sempre comprometida em conquistar com determinação uma nova mentalidade do Comércio Exterior, buscando um melhoramento contínuo e otimização dos serviços prestados.

Temos um enorme orgulho de atender boa parte do setor de gemas e joias, e por isso atuamos intensamente para continua melhora dos tramites e fluidez dos processos logísticos.

Sou Amanda Dôco e trabalho na Transport há 20 anos, onde atuei em todas as áreas da empresa, sendo elas: Desembaraço de Exportação, Desembaraço de Importação, Cambio, Regimes Aduaneiro Especiais, e no momento coordena o departamento de agenciamento de carga Internacional.

1) O que é necessário para uma empresa começar a exportar:
Para uma empresa começar a exportar é necessário obter o Radar, que nada mais é um credenciamento da empresa junto a Receita Federal. Baseado nas legislaçoes: INSTRUÇÃO NORMATIVA RFB Nº 1984, DE 27 DE OUTUBRO DE 2020; Portaria Coana nº 72, de 29 de outubro de 2020; IN RFB nº 2.022, de 16 de abril de 2020.

O processo de credenciamento atualmente é bem simples e totalmente digital. No link temos todas as instruções, documentações necessárias e passo a passo.

Do lado comercial é muito importante realizar uma boa negociação com o cliente no exterior, pautada em uma precificação adequada para o mercado internacional, pois aspectos tributários e logísticos são diferentes de uma venda nacional. Por exemplo, na maior parte dos produtos não há incidência de ICMS na venda ao exterior, portanto ele não irá compor o preço de venda. Em contrapartida, há custos logísticos que são de extrema relevância, como armazenagem da carga no aeroporto/porto, despesas com transporte interno tanto na origem, quanto no destino, seguro internacional, desembaraço aduaneiro, e outras despesas que podem ser específicas da modalidade de exportação e do produto.

Existe no comércio internacional uma convenção sobre os termos de negociação/responsabilidade civil e tributária da carga, que irá moldar toda a negociação.

São os Incoterms. Eles irão indicar quem irá se responsabilizar pela contratação do frete internacional, seguros, serviços de terceiros no pais de origem e no país de destino. Nesse link você poderá conhecer melhor sobre esses termos tão importantes:

Acessar link

Por último, mas não menos importante, é necessário verificar se o seu produto necessita de anuência de algum órgão fiscalizador. No caso específico dos Diamantes Brutos é  necessário a anuência do DNPM para realizar a exportação. Já na outra ponta, é importante que seu comprador esteja ciente dos trâmites que será necessário para que ele possa realizar a liberação da carga na alfandega de destino sem nenhuma intercorrência.
Documentos necessários para realizar a exportação de modo geral:

– NFe
– Commercial Invoice (Fatura Comercial)
– Packing List (Romaneio da Carga)
– Certificado de Origem (caso necessário)

Se ficou interessado no assunto, e gostaria de aprofundar um pouco mais, estamos a
disposição!

Comentários

2 Comentários

  1. Avatar

    Por gentileza, gostaria de saber o telefone para contato.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Populares